ENTRE O PRAZER E O SIGNIFICADO

sexta-feira, junho 16

Porque quero ser Palhaço 9


Andrezej Melecki

POST 100 - está na hora de me lembrar porque quero ser palhaço:

'Um clown é um ser indefeso, desprotegido e muito vulnerável. Definitivamente, é tudo o que na vida uma pessoa não quer ser, mas é. É um ser transparente, tudo nele se vê e se nota, nada se pode dissimular. Quer dissimular, mas não consegue...e nota-se que tenta; talvez aí radique o ridículo no ser humano. O clown não é de maneira alguma um idiota, não. Pode até ser muito inteligente, mas é a sua vulnerabilidade que o torna ridiculo, que faz dele um clown. A imaginação de um clown não tem limite possível. Tudo o que ele imagina pode ser real. Porque nisto consiste a sua vida, o seu mundo. Um mundo onde prevalece o humano. Os clowns dão prioridade ao coração, à sinceridade e ao seu amor pela vida e pelas coisas mais belas e nobres; enaltecem a amizade como um valor indestrutível e inviolável, e defendem sempre a verdade como forma de vida, essa verdade interior e pura. O clown é um pretexto para tornar a vida um pouco mais agradável e as pessoas um pouco melhores, mais compassivas e solidárias'
Hernán Gené, "Un ejército de clowns"

3 comentários:

Agripina Roxo disse...

aqui encontro as imagens mais bonitas :) e encontro guarda-chuvas que me desfazem em sorrisos e encontro um palhaço que sem dúvida faz de mim uma pessoa melhor, por tudo aquilo que me proporciona neste espaço de narizes voadores :)

obrigada *

Palhaço Voador disse...

Agripina:
obrigado por voares comigo!
beijinhos por entre guarda-chuvas que resistem a guardar a chuva.

knuque disse...

de palhaço para palhaço, palhaços para sempre!

‘Ever tried. Ever failed. No matter. Try Again. Fail again. Fail better.’

‘Ever tried. Ever failed. No matter. Try Again. Fail again. Fail better.’