ENTRE O PRAZER E O SIGNIFICADO

quinta-feira, julho 27

Desarrollo de Habilidades 32

Madrid, Julho, 2006

Gosto de pessoas, estudo as pessoas; gosto de teatro, fui estudar teatro; gosto de cinema, estudei cinema; agora misturo tudo e estudo o resultado. Quando me perguntam se percebo de vinhos, a minha resposta é que não quero estudar mais as coisas de que gosto, só quero disfrutar.
De forma que o meu critério é este: con buenos amigos sabe bien cualquier vino.

1 comentário:

paralelo/36 disse...

eu que tenho a mania que entendo de vinhos, digo: com um bom vinho intensifica-se a amizade,
com um mau vinho também, mas só mesmo se tiver que ser.
Quem faz mau vinho ou é ignorante, ou é trapaceiro ou capitalista selvagem e uma amizade quer-se longe desses epítetos.

‘Ever tried. Ever failed. No matter. Try Again. Fail again. Fail better.’

‘Ever tried. Ever failed. No matter. Try Again. Fail again. Fail better.’