ENTRE O PRAZER E O SIGNIFICADO

sexta-feira, janeiro 19

Inventar o Paraíso 1


B Berenika
'E agora dou-te algo em que acreditar. Tenho apenas cento e um anos, cinco meses e um dia.''Não posso acreditar nisso!', disse Alice. 'Não podes?', disse a Rainha num tom piedoso. 'Tenta de novo: respira fundo e fecha os olhos.' A Alice riu. 'Não vale a pena tentar', disse, 'não se pode acreditar em coisas impossíveis.''Calculo que não tenhas praticado muito', disse a Rainha. 'Quando eu tinha a tua idade, fazia-o sempre meia hora por dia. Por vezes, chegava a acreditar em seis coisas impossíveis antes do pequeno-almoço.'
Lewis Carrol, Alice do Outro Lado do Espelho

1 comentário:

ana disse...

quem disse que há coisas impossíveis?
é preciso acreditar ponto
o exercício de acreditar em coisas, como um remédio para o espírito, para o corpo e para a vida

‘Ever tried. Ever failed. No matter. Try Again. Fail again. Fail better.’

‘Ever tried. Ever failed. No matter. Try Again. Fail again. Fail better.’